Storytelling: A Importância de Contar uma História para um Negócio

O mundo não pára de girar e as pessoas estão sempre a mudar os seus hábitos e a maneira como pensam. O storytelling, não é um conceito novo e já existia muito antes de existir escrita, com as primeiras formas de se contar uma história. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Surgiu um novo conceito para o consumidor: o neoconsumidor. Este consumidor, também conhecido como consumidor 3.0 procura conexões. Não é uma conexão amorosa nem um casamento, procura sim ligar-se àquilo que lê.

As empresas devem então adaptar-se a estas mudanças e mudar a maneira como se relacionam com os seus clientes seja a nível de atendimento, entrega, pós-venda ou serviços prestados. A comunicação deve estar então humanizada para que se aproximem daqueles que querem atingir.

Com a evolução da comunicação, o storytelling foi um conceito que continuou a existir, mas não muito utilizado. Até que, o Marketing e a Publicidade começaram a utilizar esse recurso de forma a aproximarem-se do seu público envolvendo-se mais e criando um relacionamento mais próximo.

Definição de storytelling:

Storytelling é um termo inglês que quer dizer: a capacidade de contar histórias relevantes. Quando contamos uma história envolvemos a pessoa que nos está a ouvir em algo que já vivemos. Para construir um negócio que faça com que as pessoas se identifiquem com o mesmo devemos selecionar as histórias relevantes para contarmos. Desta forma, não estaremos a vender nenhum produto nem serviço, mas sim uma experiência.

Porque devemos aderir ao storytelling?

Quando contamos uma história estamos a criar um vínculo maior com as pessoas. É tão fácil como: em vez de promovermos um produto/serviço, porque não contamos a história de como aquele produto/serviço mudou a vida de alguém desde a sua aquisição? As pessoas que também têm esse tipo de problema rapidamente se irão relacionar com aquela solução. Para isto acontecer, é preciso criar empatia com aqueles que nos estão a ver ou ouvir através de uma história emocional.

Se perdemos algum tempo a definir qual vai ser a história do nosso negócio, isto fará com que os nossos clientes percebam a nossa missão e qual o nosso propósito. Até podemos estar a promover um produto ou um serviço, mas devemos ter na mesma uma história. Estamos numa era em que os consumidores gostam de saber as histórias daquilo que adquirem para lhe poderem dar um significado.

Afasta-te do mercado de massas

Produtos fabricados em massa não contam histórias. Tu é que o deves fazer, conta histórias, partilha quem produziu o quê, quando, como e onde. Neste momento as histórias têm-se tornado cada vez mais importantes para os consumidores!

Perde algum tempo a contar aquilo que te fez criar o teu produto ou a tua empresa. Estarás a dar aos teus clientes ou potenciais clientes um vínculo emocional e isso não se paga.

Queres começar a promover a tua empresa através de storytelling?

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn